O que é distopia e como lidar?

A pandemia do Covid-19 trouxe à tona o tema “distopia”. E você sabe por que? A professora da EAD da Universidade Positivo, Luciana Cabral Teixeira Doneda, explicou um pouco sobre o assunto. Confira:

Distopia. Mas, o que é isso? E como lidar?

Distopia é o contrário da utopia, o ‘lugar nenhum” perfeito imaginado pelo filósofo J.S Mill, em 1868. É o “lugar ruim”, uma experiência de vida considerada negativa, indesejada e assustadora. Situações sociais e políticas levadas ao extremo, em condições ambientais e tecnológicas opressoras ou perigosas. As distopias, na arte, são compreendidas como um aviso, uma sátira que mostra tendências negativas atuais que podem desenvolver cenários apocalípticos. Perigos atuais que, se colocados distantes no tempo e no espaço, podem ajudar a humanidade a evitar ou se preparar para situações difíceis.

Filmes e séries de ficção científica, como “Jogos Vorazes”, “O Exterminador do Futuro” e “Black Mirror”, assim como os livros “Admirável Mundo Novo”, de A. Huxley, ou “1984”, de G. Orwell, nos mostraram ao longo do tempo situações consideradas estranhas, ruins e improváveis.

No entanto, diante do isolamento social, fronteiras fechadas, muitos doentes e mortes, aulas suspensas, uso de máscaras para sair de casa, manifestações nas ruas…nos deparamos, na vida real, com um cenário distópico que pensávamos só existir na ficção.

A reação diante do imprevisível depende muito do quanto estamos preparados para lidar com ele. Resiliência e transformação são instrumentos importantes para enfrentar a distopia, além disso, a educação e o conhecimento são grandes aliados nesse momento.